segunda-feira, 15 de março de 2010

Violência gera Violência

Nos últimos anos, a sociedade brasileira entrou no grupo das sociedades mais violentas do mundo. Hoje, o país tem altíssimos índices de violência urbana (violências praticadas nas ruas, como assaltos, seqüestros, extermínios, etc.); violência doméstica (praticadas no próprio lar); violência familiar e violência contra a mulher, que, em geral, é praticada pelo marido, namorado, ex-companheiro, etc...
Já é tempo de a sociedade brasileira se conscientizar de que, violência não é ação. Violência é, na verdade, reação. O ser humano não comete violência sem motivo. É verdade que algumas vezes as violências recaem sob pessoas erradas, (pessoas inocentes que não cometeram as ações que estimularam a violência). No entanto, as ações erradas existiram e alguém as cometeu, caso contrário não haveria violência.
No Brasil, a principal “ação errada”, que antecede a violência é o desrespeito. O desrespeito é conseqüente das injustiças e afrontamentos, sejam sociais, sejam econômicos, sejam de relacionamentos conjugais, etc. A irreverência e o excesso de liberdades (libertinagens, estimuladas principalmente pela TV), também produzem desrespeito. E, o desrespeito, produz desejos de vingança que se transformam em violências.

Observe que quando um cidadão agride o outro, ou mata o outro, normalmente o faz em função de alguma situação que considerou desrespeitosa, mesmo que a questão inicial tenha sido banal como um simples pisão no pé ou uma dívida de centavos. Em geral, a raiva que enlouquece a ponto de gerar a violência é conseqüência do nível de desrespeito envolvido na respectiva questão. Portanto, até mesmo um palavrão pode se transformar em desrespeito e produzir violência. Logo, a exploração, o calote, a prepotência, a traição, a infidelidade, a mentira etc., são atitudes de desrespeito e se não forem muito bem explicadas, e justificadas (com pedidos de desculpas e de arrependimento), certa­mente que ao seu tempo resultarão em violências. É de desrespeito em desrespeito que as pessoas acumulam tensões nervosas que, mais tarde, explodem sob a forma de violência.


"A violência não é força, mas fraqueza, nem nunca poderá ser criadora de coisa alguma, apenas destruidora." (Benedetto Croce).


EllenRibeiro*-*

Nenhum comentário:

My Friends...

Recent Visitors

My Sister!!! Eu ♥ vocês!!

My Sister!!! Eu ♥ vocês!!

"Sobrinhos"

"Sobrinhos"
O q falar dos meu sobrinhos.Bom primeiramente q eu amo eles d+.E q conheço cada um deles,sei cada jeito,cada gesto,cada sorriso e cada olhar.conheço td.sei qnd está mentindo e qnd está falando a verdade,não é atoa q sou a melhor tia, pq pra mim eles falam o que querem pode ser bobagem,besteiras q a tia ta aki pra escutar ,né? fazer o que..! A tia só não sabe é fk sem eles.e não suporto saber q os pais deles brigaram com eles.ah..isso eu não gosto msm.Eu só peço a Deus q de mta saúde,paz,sabedoria e paciencia e mto amor no ♥ deles.AmO,AmO.Meus gatos e minhas gatas.sem vcs eu tbm não Vivo!

"A base de tudo"

"A base de tudo"
Mãe é seu mérito do sucesso q se diz meu!Pois vc soube transmitir com seu amor,sem buscar descanso,com alegria e louvor,a guerra de luta e a grande vontade de vencer.Pai.. vc me ensinou a respeitar a ser respeitada,me ensinou a ter honra e ser honrada,soube me ensinar a ser alguém antes de ter..Vocês 2 me mostrou sempre como amar e perdoar. Amo vcs d+.

My Life

My Life
Filhos o sorriso de vcs já é meu maior presente..Amo mto td isso!